AO BAILAR DE DOIS OLHARES

AO BAILAR DE DOIS OLHARES (Fábio Soares)

TENHO NOS OLHOS UM SEMBLANTE FACEIRO / TÃO PRISIONEIRO A OUTRO MORENO OLHAR / QUE ME ENCANTOU AO DESPRENDER-SE DE SUA DONA / BUSCANDO UM CATRE PARA SE ACONCHEGAR / É NO BAILAR DE DOIS OLHARES TÃO SINGELOS / QUE NASCEM ELOS TÃO DUROS DE SE QUEBRAR / POIS UM AMOR QUE TEM A VIDA NUM LUZEIRO / SÓ SE TERMINA QUANDO ELE SE APAGAR / VAI SERENO MEU OLHAR, ÉS TÃO BELO A BAILAR / SEGUE BAILANDO PRISIONEIRO A ESTA LINDA / TODA RAZÃO DO TEU CONSTANTE BRILHAR / POIS DÓI NA ALMA SENTIR A TUA TRISTEZA / TENDO NO ROSTO UMA LÁGRIMA A ROLAR / NA INVERNA EM QUE BUSQUEI O TEU OLHAR / POR MUITAS VEZES PASTOREEI SONHOS ACORDADO / SEM UM CAMINHO MADRINHEIRO PRA SEGUIR / CEVANDO MATES ME PAREI ACOMODADO / FOI QUANDO O AMARGO PARECEU FICAR TÃO DOCE / MINHAS RETINAS SE ALONGARAM TÃO SERENA / MIRANDO AQUELA LINDA PRIMAVERA / A FLORESCER DO TEU OLHAR MINHA MORENA / E SERENO TEU OLHAR VEIO AO MEU ENCONTRAR / BAILANDO DOCE E NAS MENINAS UM SORRISO / QUE PARECIAM TUA ALMA ME ENTREGAR / POR ISSO LINDA ESTE SEMBLANTE FACEIRO / FIGURADO NO BRILHO DE MEU OLHAR

Clique para comentar



máximo de 140 caracteres

Vida e Lida


Show "Tropeiro, meu destino"

Tropeiro, meu destino


Os Músicos

              Intérprete, letrista, compositor e arranjador reconhecido, Fábio Soares nasceu em Caxias do Sul, e mesmo sendo urbano sempre teve muito apreço pelos valores típicos regionais. Freqüentador de CTG’s desde a infância, percebeu que poderia usar a arte para reverenciar os costumes do Rio Grande do Sul, e lapidando versos e domando cordas, decidiu reviver histórias de antepassados por meio da música. O primeiro disco de Fábio Soares foi com o grupo Pátria e Querência, que gravou cinco composições de sua autoria. Em 2005, produziu o disco “Um Sonho Domingueiro”, em parceria com Cleber Casagrande. Cinco anos mais tarde, no grupo Pátria Sulina, de Lages (SC), participou do disco “Por Isso Canto Senhores”, com temas de Rogério Villagran. Por ser neto e bisneto de tropeiros, sempre foi fascinado pelo universo viajante. Em seu trabalho solo, “Tropeiro, Meu Destino”, buscou homenagear essa figura peregrina com cantos e versos.

Pátria e Querência Pátria e Querência

Pátria Sulina Pátria e Querência

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
54 9932 2690

twitter pb facebook flickr youtube pb SoundCloud email

© 2012 Fábio Soares. Todos direitos reservados.

ipaulinho.com